segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Torcida do Naça se movimenta e lança candidato.

O torcedor nacionalino está magoado e impaciente pela falta de uma boa campanha nas competições nacional.

Nosso Clube infelizmente amarga fracassos atrás de fracassos, falta de sorte, vejam que o time disputou a Copa do Brasil e decidiu a vaga contra o Bahia, na Fonte Nova, não foi culpa de diretoria e sim de uma arbitragem mal intencionada que aos 46 minutos do segundo tempo, nos tirou a classificação.

O trabalho foi feito porém a arbitragem contribuiu para a nossa saída da competição, infelizmente.

O trabalho é feito, não tem dado certo é verdade, mas, uma hora ou outra, vamos sair dessa. Quem sabe o candidato das torcidas, o Mazinho, não nos tira da D? Tudo é possível, quem sabe?
Até mais...

FAF planeja a série B do AM.

O Fast nem mal foi campeão da elite do Campeonato Amazonense, e a Federação Amazonense de Futebol já começou a planejar o calendário da Série B do Amazonas. Com a intenção de sediar o torneio nos meses de fevereiro e março, a entidade máxima do futebol local convocou, por meio de um ofício, os nove times que possuem o direito de participar da disputa. Além do rebaixado Nacional Borbense, são eles: CDC Nova Olinda/Manicoré, Operário, Clíper, Holanda, Tarumã, Penarol-AM, Sul América e Iranduba.
Operário-AM campeão da Série B do Amazonense 2014 (Foto: Adeilson Albuquerque)O Sapão é o atual campeão do torneio (Foto: Adeilson Albuquerque)
De acordo com o diretor da FAF, Ivan Guimarães, as equipes terão até o dia 11 de novembro para dar uma resposta - positiva ou não - à federação. Em seguida, provavelmente no dia 16 deste mês, haverá a primeira reunião para definir o formato de disputa e as condições para competir na divisão de acesso.
A última edição da Série B foi realizada em 2014, quando o Sapão venceu o Rio Negro na final e consagrou-se bicampeão. Lobo do Norte, Cliper e CDC Nova Olinda também participaram da competição, mas ficaram pelo caminho.
Extinção e retorno
Em 2015, Federação Amazonense de Futebol e Associação dos Clubes Profissionais do Estado do Amazonas (ACPEA) definiram, em comum acordo, a extinção da segunda divisão do Campeonato Amazonense. A decisão durou até maio de 2016, quando o Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas rejeitou o novo formato. O TJD-AM se baseou no estatuto do torcedor, mais precisamente no artigo que consta: ''é obrigatória a existência de acesso e descenso. Ou seja, primeira e segunda divisão''.

domingo, 30 de outubro de 2016

C.T sem atividade. O Clube tem duas competições ano que vem.

Sem futebol, o C.T do Nacional descansa, a falta de dinheiro adia as reformas para este que é de suma importância para os treinamentos e formação do time.

Os torcedores poderão ter muitas surpresas em 2017, o Clube tem duas competições a disputar, o problema será montar um time competitivo.

Pensamento positivo, os milagres acontecem de vez em quando. 
De uma coisa podemos ter certeza, o Nacional é um Clube grande e vai dar a volta por cima, podem anotar.

A luzinha está acesa, embora no fim de um longo túnel, mas, está e nunca podemos perder as esperanças, dias melhores virão. 

O problema maior é arrumar um candidato a altura, que não venha apenas para se autopromover, que tenha realmente condições, não adianta se candidatar e não ter os aportes financeiro. Sem isso, será muito difícil tocar o barco.

Que três meses depois queira desistir. O nosso Clube precisa deixar de ser amador. 
Até mais...

sábado, 29 de outubro de 2016

Preparativos para a eleição.

Nacional de 2017, poderá ter muitas mudanças, nova diretoria, que provavelmente irá fazer muitas mudanças no Mais Querido.

As torcidas lançaram seu candidato, trata-se de Mazinho, que já esteve no Clube em 2007 e foi campeão junto com o professor Maneca que era o presidente.

A diretoria também tem seus candidatos, na hora certa serão divulgados.

Ultimamente o Clube ganhou dois campeonatos com a atual diretoria, tem atualmente 43 títulos, mais da metade do segundo colocado, o Rio Negro que tem apenas 16.

No momento, o Clube vive o momento de preparativos para a eleição, esperamos que o vencedor trabalhe para que o Clube não venha a despencar no nosso futebol e torne-se um time pequeno, uma coisa é certa.

Enquanto estivermos vivos, lutaremos com todas as forças para que isso não venha a acontecer.
Até mais...

Escolinha de futebol do Nacional bombando.

Sub 17.
Amigos.

A Academia de futebol do Nacional, a escolinha, continua a todo vapor.

Abrange todas as faixas etárias, portanto, matricule seu filho, quem sabe ele não se torna um grande atleta do Clube?


Professores formados, com capacidade para dar aulas de futebol aos garotos.
Mirim.


Atualmente está sendo coordenada pelo professor Paulo Morgado, aquele mesmo que já treinou o time profissional do Nacional.

Procurar o Sr. Sidney e a Suelem, telefone, 36334181. 

Entre em contato, ainda tem vaga.
Até mais... 

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Salários em atraso.

Amigos.

A situação do Mais Querido continua feia, a falta de verbas para os pagamentos, está levando os jogadores a ficarem impacientes, vejam abaixo o que diz o diretor nacionalino ao Globoesporte.com.
Até mais...

O ano nebuloso do Nacional ainda está longe de acabar. Após não conseguir nenhum título em 2016 e fracassar de novo no projeto Série C, o Leão da Vila Municipal ainda tem um problemão para resolver, agora fora de campo. Ao todo, 15 jogadores seguem no clube com salários atrasados. Ao ser questionado sobre o débito, o diretor de futebol do Leão, Carlos de Souza, disse que a crise é ainda maior do que se imaginava: "Até o meu salário está atrasado".
Fontes ligadas ao clube que pediram sigilo sobre suas respectivas identidades entraram em contato com a reportagem do GE, afirmando que o Nacional estaria tentando mandar jogadores embora sem pagar os salários atrasados. Alguns jogadores estariam revoltados pelo fato de apenas os atletas que já estavam no clube antes da "era Miguéis" não terem sido pagos. 
O "pacotão acreano" já teria recebido seus vencimentos e voltado para casa, enquanto alguns dos atletas antigos, lesionados, teriam ficado até sem fisioterapeuta para concluir seus tratamentos. Existem também informações de que alguns jogadores teriam aceitado diminuir seus salários e trocar o apartamento bancado pelo clube em Manaus pela moradia que o Nacional oferece em seu CT. Tudo para ajudar a agremiação a enxugar as contas.
Princesa vence Nacional (Foto: Marcos Dantas)Nacional foi eliminado das semifinais do Amazonense após derrota para o Princesa (Foto: Marcos Dantas)
Ao ser perguntado sobre as alegações, o diretor de futebol do Nacional, Carlos de Souza, confirmou a situação, disse que a diretoria e a presidência do clube estão trabalhando para reverter a situação, e que não só os jogadores estão sendo atingidos pela crise.
- Até o meu salário tá atrasado. O de todo mundo está, desde os jogadores até os funcionários da manutenção. Mas o presidente está trabalhando para resolver isso. Todos os jogadores tem vencimentos a cumprir e esperamos conseguir resolver as coisas até segunda-feira (dia 31), quando o contrato deles chega ao fim. Mas ainda não há uma previsão oficial sobre quando conseguiremos pagar - disse.
Sem entrar em maiores detalhes sobre os outros assuntos, como jogadores lesionados e moradia dos que pretendem permanecer em Manaus caso não sejam pagos, Carlos se limitou a dizer que "o clube trabalha para resolver a situação". 
Crise financeira não é novidade
Durante a disputa do Amazonense, o Nacional teve de enfrentar uma greve dos jogadores por conta de salários atrasados. Na época, alguns chegaram a fazer acordos para deixar o clube, enquanto alguns permaneceram e fizeram acordos para jogar algumas partidas em meio à paralisação. Durante a greve, o Leão trouxe um "pacotão" com mais de uma dezena de jogadores que atuaram pelo Atlético-AC, na Série D, além do treinador Álvaro Miguéis. O time seguiu até o fim com a base acreana, utilizando pouco os jogadores que já estavam no clube.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Futuro incerto.

É o que o Nacional passou a viver depois do fracasso desse ano de 2016.

Estão surgindo alguns candidatos, ao nosso ver, todos sem condições de assumir a presidência no momento atual, aquele que vier, tem que ter respaldo financeiro.


A torcida se manifesta querendo um presidente do seu meio. Louvável. 
Serão muitas dificuldades, muitas contas a pagar, por ai já se vê que as dificuldades irão aflorar de todos os lados, portanto amigos, pensem bem antes de entrar na jaula do Leão.

Quem pensa que o Nacional tem dinheiro, está redondamente enganado, está zerado, aquele que assumir, vai encontrar muitos problemas pela frente.

O Nacional tem que se profissionalizar, deixar de ser amador, enquanto isso prevalecer, estaremos sempre fadados ao fracasso, é com dor no coração que digo isso. Esperamos que aquele que assumir, saiba conduzir o Clube e coloca-lo no topo.
Até mais... 

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Uma aventura de nacionalinos no Tiririca. Em busca dos tucunas.

Amigos.



Aproveitando que o Mais Querido entrou de férias, quatro amigos nacionalinos aventuraram-se nas estradas barrentas que levam ao Tiririca, comunidade que fica no Rio Preto da Eva, a 150 km distante da capital.




Nossa aventura começou na madrugada de sábado 22. Colocamos as tralhas no carro e saímos de Manaus as quatro da manhã com destino ao Grande Rio, chegamos a cidade de Rio Preto por volta de 5.50h. 




Após tomar aquele delicioso café, regado à tradicional tapioca e o nosso delicioso x-caboquinho. Fizemos algumas compras, alguns mantimentos de costume e partimos.

Levantamos poeira durante 14 km, no puro barro batido, até então, a viagem transcorria na maior tranquilidade.



De repente, ao subir a última ladeira, nosso carro nos pregou uma peça, travou no meio da ladeira, isso por volta de 7.30 h daquela manhã ensolarada, com o sol forte, já dizendo já nos recepcionando com sua dourada entranhando no nosso corpo e nos dando as boas vindas. 


A partir daí começou uma outra aventura, mandar o carro de volta pra Manaus, sem comunicação, olhamos ao redor e avistamos uma pequena casinha escondida entre as várias plantações.



Fomos em busca de ajuda e foi ai que conhecemos o seu Raimundo, pessoa da melhor qualidade, aquela casinha tão simples e escondidinha, nos levou ao mundo das comunicações através de um telefone rural, conseguimos acionar o carro guincho, isso já por volta das 15 h. Não desistimos da nossa pescaria, o carro voltou para Manaus, nós, não. Resolvemos seguir viagem. 




Acionamos o companheiro Domingos e este juntou-se a nós, até então não sabíamos que aquele bom velhinho nos proporcionaria um ótimo almoço regado a galinha caipira.

Almoçamos, ao mesmo tempo em que degustávamos aquela delícia, trocávamos algumas palavras com o nosso anfitrião, onde nos contou um pouco da sua história, até que por volta de 16 h chegou o nosso socorro uma moto Honda, a tal cinquentinha, que nos conduziu um a um até a casa do Domingos isso já lá pelas 17 h, fomos muito bem recebidos pela esposa do dono da casa, D. Graça. 



Tomamos aquele banho e o casal, nos proporcionou aquele saboroso jantar, primeiro um paca de 3 kg frito no capricho, o qual degustamos em frações de segundos, essa foi a entrada.




Mais tarde, veio o complemento, aquele feijãozinho com jabá e um franguinho ensopado, tá bom? 

Jogamos um pouco de conversa fora e cedo já estávamos pregando os olhos.

As 4 da manhã de domingo, estávamos de pé, após o café da manhã, preparamos as tralhas e partimos em busca dos bocudos.



O rio,  já bastante seco, nos presenteava com seus cartões postais, lindas praias, de todos os lados, a exuberante paisagem da natureza nos saudava e nos dava as boas vindas com a beleza daquele lugar.

Nos preparamos, lançamos as linhas na água, pelejamos durante toda a manhã e nada dos bocudos darem o ar da graça, após o almoço, continuamos à cata e nada dos bichos, até que um amigo fisgou uma bela piranha branca, ufa! Até que enfim um peixe.
Com o rio muito baixo e vários bancos de areia, aliado aos inúmeros pescadores, que esticam suas redes e contribuem para o afastamento dos peixes.



Soubemos hoje pela manhã que o rio parou de secar, quando isso acontece, é o sinal para o famoso repiquete e a chegada de água nova.




Mas, voltando a pescaria, nosso companheiro Maurílio capturou um belo paca de 4kg e o João que fisgou um Açu de 3,5 kg de resto, apenas peixes miúdos. Com cerca de 1,5 e 2 kg.

  
Nosso período de pesca esse ano estava chegando ao fim, mas, já com o convite renovado para ano que vem, por enquanto damos uma parada.

Voltaremos a nos reunir para novas aventuras, futuramente em outros locais.
Até a próxima.

O que fazer em 2017?

O Nacional está parado, vive apenas a parte burocrática e faz as contas para 2017.

Ao que tudo indica, teremos um time modesto ano que vem, tudo vai depender de quem vai assumir, espera-se que seja um ótimo administrador.

Administrar um Clube como o Nacional tem que ser com inteligência, estar sempre presente em todas as dependências do Clube, nos jogos, no túnel, dando força aos jogadores, junto com o diretor de futebol, fiscalizando in loco, enfim, não se omitir, fazer parte realmente da equipe, isso levanta o astral do time.

cuidando das finanças para ver se pode ou não contratar um time de futebol para a nova temporada. 

Esperamos que tudo dê certo, que venham os aportes financeiros, isso dará suporte para se pensar em montar um time melhor.
Até mais...


segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Nacional prepara-se para as mudanças.

Amigos, estivemos ausentes os dois últimos dias, estávamos fora da cidade e sem internet e telefone, pedimos desculpas.

Enquanto a bola não rola, o Clube começa a viver momentos de mudanças.

O Nacional Futebol Clube prepara-se para a eleição do novo presidente, surgiram alguns candidatos.

O novo presidente terá pela frente muita responsabilidade, terá muito trabalho pela frente problemas irão surgir claro, esperamos que o novo comandante saiba conduzir a situação com inteligência. 

Muitas negociações foram feitas com os jogadores grevistas, por ai se vê que muitas coisas terão que ser resolvidas, esperamos que daqui pra lá, já esteja tudo resolvido, embora o atual presidente continue trabalhando, para que não fique nada ao que irá substituí-lo.   

O ano que vem, provavelmente será de muitas dificuldades, talvez venhamos a enfrentar sérios problemas, o novo presidente terá muito trabalho pela frente.

Talvez tenhamos um time regional e mesclados com jogadores de base, se o Clube não conseguir patrocinador que nos dê algum respaldo financeiro. Mas, pensamento positivo.

Não é só fazer chapa e concorrer, o cara tem que ter cacife para assumir um clube da envergadura do Nacional, esperamos que o novo mandatário, tenha muito sucesso à frente do Mais Querido.   
Até mais...

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Campeonato 2017, ainda indefinido.

Dissica Valério Tomaz, presidente da FAF (Foto: Marcos Dantas)O Campeonato Amazonense de 2016, nada menos que a centésima edição da competição, foi um dos mais desastrosos da história. A competição, que chega ao fim neste sábado, não empolgou e passou bem longe de levar um bom público aos estádios. O resultado veio nesta quinta, quando o presidente da Federação Amazonense de Futebol (FAF), Dissica Valério Tomaz, anunciou que não cogita a possibilidade de o certame ser realizado no segundo semestre de 2017, como foi este ano.


O insucesso da disputa pegou mal até mesmo na FAF, que admitiu que o saldo do campeonato foi muito abaixo do que poderia ser, principalmente no quesito de público. Dissica atribuiu o fracasso ao ano com calendário atípico, mas afirmou que o resultado já era esperado.
- Nós já sabíamos que isso iria acontecer desde que isso foi acertado na reunião arbitral. Seria muito difícil levar um público interessante ao estádio concorrendo com os principais campeonatos do Brasil e até internacionais. Torcemos para que estivéssemos errados, mas infelizmente não deu outra – disse.
O presidente da FAF fez questão de dizer que não trabalha com a possibilidade de o Barezão 2017 acontecer no segundo semestre.
- Isso não vai ser nem colocado em discussão para o conselho, porque já está mais que definido. Não temos nada definido ainda sobre o campeonato, a não ser que ele acontecerá no primeiro semestre, depois da Série B – enfatizou.
Por falar em Série B, Dissica descartou a realização da competição ainda este  ano, frisando que o assunto só começará a ser discutido após o dia 10 de novembro, em reuniões que definirão o calendário completo das competições da entidade para 2017, desde o profissional até as divisões de base.

Time sem vergonha...

Amigos.
Nossas desculpas pela falta da postagem de ontem, é que chegamos muito tarde do jogo e ficamos sem net.

Mas, falando do jogo de ontem 20. Nosso time entrou em campo tentando impor futebol, até então tudo caminhava razoavelmente, até o filho de Zeus, o Hércules se machucar.


A partir dai, o que se viu foi um time sem criatividade, sem ataque, sem meio campo, enfim, um futebol medíocre diante de um Princesa bem armado, bem postado em campo, com seus jogadores de meio e ataque trabalhando muito bem a bola, quando isso acontece, não tem jeito, prevalece a maior categoria do adversário. 

Parabéns ao Princesa que com jogadores veteranos em sua maioria, soube montar um time bem entrosado, com humildade, diferente do nosso, onde não teve humildade e categoria, tudo isso leva ao fracasso.


Nosso time foi um arremedo, jogadores sem saber o que fazer, sem forças, resumindo, uma lástima, o goleiro nem se fala, vendeu o time em quase todos os jogos e nossa diretoria de futebol junto com o treinador não perceberam.

O preparador de goleiros admitiu, que ninguém nunca chegou e perguntou a ele sobre o melhor goleiro, disse que Jonathan se desmotivou com a situação, o que o levou a pedir pra sair além de outros motivos. Ora, se o goleiro titular vinha entregando o ouro e ele não viu nenhuma chance de ser titular, ficou puto e quis sair. 

A diretoria de futebol teve culpa nisso, sempre protegeu esse mão de quiabo,  o Álvaro também tem culpa, não são cegos ou será que eles não viram? Difícil de acreditar. Agora ele como preparador dos goleiros, deveria passar ao treinador e diretoria, também tem culpa.

Agora é juntar os cacos e entregar a quem montou o time de 2016, para para que consertem.
Até mais...

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Treino tático.

Na tarde desta terça-feira, Álvaro Migueis realizou treinamento tático e toques em velocidade.

Posicionou a equipe da maneira que ele quer que o time jogue.

Participaram todos os atletas, exceto Vítor, até o Hugo treinou, à parte mas, treinou, assim como Wanderley que vem dando tudo de si para arrumar um lugar no time. 

Tem treinado em separado e junto com o time, a vontade de jogar é tão grande que mais parece um prato de comida, a maneira como ele vai pra cima.

Está com fome de bola, se pudesse jogar seria de grande valia para o time, tem vontade e garra, se o receio é que ele se machuque no jogo, o risco é o mesmo nos treinos, até porque, ele se contundiu no treino e não no jogo, eu arriscaria pelo menos 45 minutos, quem sabe?...

Não esqueçam, as 20.30h desta quarta, todos na Arena Vivaldo Lima para empurrar o Naça rumo à classificação.
Até mais... 


segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Coletivo com 2 gols.

O coletivo de hoje a tarde serviu pra mostrar que o time titular é completamente diferente daquele de sábado no Sesi, no jogo contra o Princesa.

O time titular venceu por 2x0 com gols de Charles e Careca, ambos treinaram muio bem, fazendo várias tabelas, uma delas para o gol de Careca. 

O time reserva bem que tentou, mas, prevaleceu a maior categoria do time titular, o de amarelo, não vamos divulgar para não entregar o ouro ao bandido. 

Porém, do time que jogou sábado, saíram 9 para a entrada dos titulares, que diga-se de passagem, é um bom time e dá pra confiar numa vitória sobre o Princesa do Solimões.

Serão momentos de muita tensão, a adrenalina a mil, mas, no final sairemos vencedores e estaremos se Deus quiser na final do campeonato e garantido nas competições em 2017.
Até mais...

domingo, 16 de outubro de 2016

Time de quarta, já definido.

Álvaro Migueis já tem o time que vai enfrentar o Princesa na Quarta-feira, jogo que será realizado na Arena da Amazônia as 20.30h de quarta-feira, 19.

Nesses dois dias que antecedem à decisiva partida, o treinador nacionalino irá trabalhar as táticas de jogo, os posicionamentos dos atletas, a maneira de atacar, o posicionamento da defesa etc.

O bom, é que ele poderá contar com todos os atletas, ficará à vontade pra armar o time. Esperamos que os jogadores correspondam, não se admite apatia de maneira nenhuma, como no último jogo.

Recado à torcida.

Gente, por favor, é nesse momento que o time precisa de vocês, se forem ao jogo, que seja pra incentivar do início ao fim, empurrar o time rumo à vitória, vitória essa que nos  garantira o calendário do ano que vem, portanto, é um jogo de vida ou morte, de suma importância para o futuro do Clube em 2017.

Saibam vocês, que se isso não vier a acontecer, não teremos time para disputar o amazonense do ano que vem, portanto, pensem bem, repetimos, o Clube precisa do incentivo da sua torcida.
Até mais... 

sábado, 15 de outubro de 2016

Naça perde a segunda para o Princesa.

Tá certo que o jogo não valia nada, mas, derrota é derrota e conta muito na parte negativa, gera uma série de coisas desagradáveis, como, o desinteresse da torcida, baixa arrecadação com a ausência do torcedor etc.

Àlvaro Migueis entrou com time misto, muito mal escalado por sinal, o que gerou um futebol de péssima qualidade apresentado pelo Mais Querido. O Princesa também veio com time misto.

Esperamos que na quarta-feira, contra o mesmo Princesa, ele escale um time melhor, mais ofensivo. (o de hoje só deu dois chutes a gol)

O Nacional não disse a que veio, o meio campo não produziu nada, não municiou o ataque, que também nada produziu. No segundo tempo, não foi diferente, entrou com um lateral direito jogando de meia esquerda, tá de brincadeira.

Vamos ver com a volta de Eduardo, Diego, Hércules, Charles, Alfredo, que não jogaram hoje, vamos ver se o time melhora, 3x1 justo para o Princesa, com Edinho Canutama fazendo graça e marcando 2 gols, o outro foi de Leonardo, Januário descontou para o Naça.
Até mais...

Naça concentrado para pegar Tubarão.

O Nacional enfrenta neste sábado 15, a equipe do Princesa do Slimões, o jogo será no estádio Roberto Cochrane Simonsen, o Sesi. 
Horário de início. 11h manhã, vamos prestigiar, estamos com eles porraqui.

Existe um mistério por parte das duas equipes, com referência as escalações, os dois treinadores fazem mistério quanto às escalações das duas equipes.

Só quem pode desvendar esse mistério, é o próprio treinador, mas, acreditamos no time misto, não irá fazer feio.

Todos os jogadores estão a disposição de Álvaro Migueis, exceto, Vítor, Hugo e Wanderley, portanto vamos pro jogo.
Até mais...

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Tático e técnico.

Hoje, pra variar, treino tático, como a época de pré-temporada já acabou, agora é só manter.

Álvaro Migueis treinou com os jogadores que não participaram do jogo de ontem e aqueles que entraram no segundo tempo.

O Nacional deveria jogar com time misto, já está classificado mesmo, tanto faz ganhar como não.

Vítor e Hugo em campo.
O jogo de sábado vai ser mesmo no Sesi as 11h, o Dissica e a TV fraca bateram o pé.

Essa é a pior emissora de TV que nós temos, não apoia em nada o nosso futebol, ela quer que ele acabe, aí mete o peladão direto e pronto.
Paga uma miséria aos clubes, cerca de 15.000 para cada clube por toda a temporada, um absurdo, tudo culpa dos dirigentes amadores que se sujeitam às migalhas. Palhaçada.
Até mais...

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Naça empata no sufoco.

Nacional e Fast jogaram na tarde desta quarta-feira pela liderança do Campeonato Amazonense 2016.

O Fast foi pra cima logo no início do jogo, tentando marcar gol a qualquer custo, o Nacional conseguiu segurar a pressão.

Não conseguiu, o time tricolor estava determinado a manter a liderança, ao Nacional coube a recuar e partir nos contra-ataques e perdeu algumas chances e o goleiro do Naça fechou o gol, além de estar com muita sorte.

Já o Fast perdeu inúmeras chances, era pra sair com uma vitória no primeiro tempo com pelo menos 2x1.

No segundo tempo, a coisa ficou ainda pior, o time fastiano veio pra cima de vez, foram muitas chances de gols perdidas, novamente Rafael fechou o gol. Por outro lado, o Naça também perdeu suas chances de marcar, pelo menos 2 gols e o Fast perdeu uns 4 gols, tamanha foi sua superioridade.

Levamos sufoco do Fast, Álvaro entrou com o time atrás e pra completar mexeu muito mal no segundo tempo, tirou Jack Chan e Carlinhos e meteu 2 meias, tá de brincadeira.

Deveria ter entrado com dois atacantes pra mudar e incendiar o jogo, Haylan e Tiago, entrou com J. Chan de centro avante, tá de brincadeira, um baixinho de 1,40m no meio de dois zagueiros de 1,90m, o cara foi um a menos, não jogou pn.

Vamos ver contra o Princesa, o que ele irá fazer, se continuar com Jack no meio dos zagueiros, estamos fritos, ele é atacante pelos lados do campo e não enfiado entre os zagueiros.

O público, ridículo, a torcida do Fast foi maior do que a nossa.
Até mais...

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Treino técnico e tático.

Hoje, novamente Álvaro Migueis realizou treino tático e técnico, nessa fase apenas esse tipo de treinamento é utilizado, como também o físico.

É só manter a forma física e técnica da equipe, como de costume, ao final da parte tática, vem os fundamentos, onde Jonathan treinou exaustivamente.

Não sabemos quem Álvaro irá colocar no lugar de Careca, se Tiago Verçosa ou Jack Chan, a verdade é que o time vem se encaixando jogo após jogo.

Quando chegar no quadrangular final, com certeza estará no ponto e preparado para conquistar mais um título para a Vila Municipal, título esse, que nos garante a temporada em 2017.


Charles aguarda o jogo de amanhã, querendo aumentar a artilharia, afinal, tem sido decisivo ultimamente.


Os gols trazem confiança para o atacante e faz com que queiram cada vez mais estufar as redes.

O jogo.

Será nesta quarta-feira as 16h na Arena da Amazônia Vivaldo Lima
Ingressos 20 e 10 reais.
Até mais...

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Foco no filho rebelde.

O time nacionalino treina na quarta-feira, com o foco direcionado ao Fast, vai em busca de recuperar a liderança.

Será um grande jogo, assim como o foi o do primeiro turno entre as duas equipes, esperamos que a vitória nos sorria mais uma vez.

O técnico Álvaro Migueis anda queixando-se muito com os desfalques, achamos que ele anda meio pessimista quanto aos jogos.

Ele tem que saber que além dos bons jogadores acreanos, também temos bons jogadores, vejam o Charles por exemplo, vem sendo decisivo nos últimos jogos.

Se ele perdeu o número 9, põe o outro, o Tiago Verçosa, é um atacante de área e aqui e acolá faz seus golzinhos, quem sabe não faz o da vitória?

E o Jack Chan, também é outro que poderá nos ajudar, principalmente por conhecer bem seus ex companheiros.

Tem boas opções no banco, Haylan, Bianor, Leandro ou Hércules, enfim, é isso e vamos pro jogo.
Até mais... 

Naça vence Tufão, mete 2x0.

O jogo de hoje na Colina foi cheio de lances duros, nem por isso as duas equipes deixaram de apresentar um bom futebol.

Logo nos primeiros  minutos de jogo, o Nacional tomou a iniciativa do jogo e fez 1x0 com Careca chutando da entrada da área no canto direito do goleiro Darlan, após sofrer o gol, o São Raimundo foi pra cima do Nacional meio desordenado, porém, não deixou de levar perigo para o Naça.

Nacional e São Raimundo confusão (Foto: Matheus Castro)O Fast bem que tentou, mas, esbarrou no goleiro nacionalino, que fez boas defesas e salvou o Naça de levar gols.


Com a vitória, o Leão passa a ocupar a segunda posição, dois pontos a menos que o Fast, na quarta-feira os dois se encontram na Arena da Amazônia Vivaldo Lima.


Em caso de vitória, o mais querido reassume a liderança, condições ele tem. No final, prevaleceu a maior qualidade técnica do Mais Querido, ganhou por 2x0, gols de Careca e Charles para o Naça.
Até mais.  

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Migueis chateado com a ausência de Eduardo.

Álvaro Migueis ficou chateado com a ausência de Eduardo, o atleta teve sua pena reduzida para 2 jogos, cumpriu um e falta um.

Mas, bola pra frente, vai procurar suprir à falta do jogador, vai ver as opções e colocar em campo no domingo diante do São Raimundo.

Hoje o time treinou no estádio Carlos Zamith, mais uma vez Álvaro realizou treinamento tático e posicionou a equipe.

O time está ciente de que uma vitória será de grande importância e dará ainda mais confiança à todos.


A torcida tem que tomar algumas precauções quanto a torcida adversária, como todos sabem, é uma torcida briguenta e é um barril de pólvora em matéria de confusão e brigas.
Portanto é bom por as barbas de molho e evitar confronto com eles. 

Se vencermos, e vamos vencer, reassumimos a liderança, no critério confronto direto, como sabemos, vencemos o Fast no primeiro turno. 

No sábado e domingo estaremos ausente, faremos uma curta viagem, vamos fazer um esforço pra chegar pelo menos na hora do jogo.
Até mais...

Naça treina tático e fundamentos.

O Nacional treinou em campo reduzido, um tático e depois os fundamentos.

O destaque nos fundamentos foi Wanderley que treinou cobranças de escanteio e faltas, o cara está disposto a jogar, está com fome de jogo, agora quem diz se ele joga ou não é Álvaro, o problema é encaixar ele no lugar de alguém. 

O jogo será mesmo na Colina as 16h, ingressos a 20 e 10 reais a meia, a torcida nacionalina tem que comparecer, o mando é nosso e vamos ficar nas arquibancadas atrás do gol gol que dá para o estacionamento e no lado das cabines de rádios .
Nossa torcida tem que comparecer em massa, não podemos ser menos que a do S. Raimundo, eles disseram que vão ser maioria disseram.

Se a nossa torcida não comparecer, eles serão maiores mesmo, no jogo do Manaus, eles foram em bom número, tinha uns 200 deles.
Até mais... 

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Tático em campo reduzido II.

Álvaro Migueis está mesmo disposto a vencer o jogo, além do ataque ofensivo, o meio campo também o será.

Está montando um quarteto focado em municiar o ataque constantemente, Migueis está bastante otimista com a chegada dos dois novos contratados junto ao A.A.

Segundo ele, são dois jogadores no nível dos que saíram por lesão.

O treino de ontem que o diga, todos atuando de modo ofensivo, é claro que tem tomado os devidos cuidados com a defesa.

Como o jogo é na Colina, isso nos deixa um pouco apreensivo, mas, ano passado vencemos as duas, afinal temos jogado bem lá.
Até mais...