segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Técnico do Naça confiante.

Por GloboEsporte.com, Manaus, AM
 
Nacional e Fast empataram em 1 a 1, neste sábado, no jogo de ida das semifinais do Amazonense Sub-20. O resultado foi visto com bons olhos pelo técnico do Naça, Garanha, que joga suas fichas na partida de volta, que ocorrerá no próximo sábado, dia 26.

 A responsabilidade é deles. Eles que são os líderes do campeonato, é o melhor time do campeonato. A nossa equipe sobressaiu sobre isso aí na vontade, né? Foi um jogo bastante difícil, aberto para as duas equipes. Jogamos muito bem o primeiro tempo e com as expulsões dos caras fomos pra cima, com a tirada de um meia. Tivemos a infelicidade do nosso colega ali, mas faz parte. E dá. Mostrou que dá para a gente buscar o resultado que vem.
Técnico Garanha diz que Naça tem condições de garantir vaga na final (Foto: Divulgação/Nacional FC)Técnico Garanha diz que Naça tem condições de garantir vaga na final (Foto: Divulgação/Nacional FC)
Na avaliação do treinador, o Nacional soube jogar, mas ele lamentou algumas jogadas que, na sua avaliação, foram mal anulados.
- Na verdade a nossa equipe jogou. Jogou muito. Difícil, né? Duas bolas ali de impedimento, ao meu ver. Uma acho que não estava, mas faz parte do futebol. A equipe do Fast é a melhor do campeonato, mas jogamos de igual para igual. Tivemos a oportunidade de sair com a vitória, mas tivemos também a infelicidade de em uma jogada nossa e fizeram o gol. Mas tivemos força para empatar - completou.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Naça e Fast focados na final.

Leão da Vila Municipal bateu o Clipper por 4 a 0, em jogo que terminou aos 37 minutos da segunda etapa por insuficiência de jogadores, e ultrapassou o Manaus na tabela de classificação.
Semifinalistas estão definidos (Foto: Marcos Dantas)Semifinalistas estão definidos (Foto: Marcos Dantas)
Semifinalistas estão definidos (Foto: Marcos Dantas)
O duelo, válido pela 14ª rodada da primeira fase, foi realizado no estádio Carlos Zamith, Zona Leste. Os gols foram marcados por Heltinho, Gabriel (duas vezes) e pelo zagueiro Fábio. No outro confronto importante da rodada, o Gavião do Norte não conseguiu sair do zero diante do líder Fast, no estádio Ismael Benigno.
As partidas de ida e volta das semifinais ocorrem nos dois próximos sábados. No dia 19, o estádio da Colina recebe rodada dupla: às 15h, o Rio Negro enfrenta o Princesa, enquanto Fast encara o Nacional às 17h. No dia 26, Pai e Filho duelam no mesmo local, mas às 16. Já o Tubarão do Norte joga contra o Galo da Praça da Saudade no mesmo dia e horário, mas no Gilberto Mestrinho, o Gilbertão, em Manacapuru.
Semifinal antecipada
Antes de se enfrentarem pelas semifinais, Princesa e Rio Negro protagonizaram um prévia neste sábado. Melhor para o time interiorano, que não teve dificuldades para golear o Barriga Preta por 5 a 0, em Manacapuru. Os gols da vitória foram marcados por Anderson, Adson, Raelison, Dhones e Lucas Gabriel.

14ª rodada

Fast 0 x 0 Manaus

Cliper 0 x 4 Nacional
Princesa 5 x 0 Rio Negro
Holanda 5 x 4 Tarumã

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Juniores de olho no Fast.

O time de juniores treina terça-feira, visando o primeiro jogo da semi final contra o Fast.

O primeiro jogo será no próximo sábado as 17h, será no estádio Carlos Zamith.

Será como se fosse uma outra fase, é semifinal, jogos diferentes, vale a passagem para a final, portanto, é entrega total em busca do título.

Garanha tem o time na mão e saberá armar a equipe que nos dará a classificação, será o pai contra o filho, é outra história, é taça e onde tem taça...

domingo, 13 de agosto de 2017

Naça juniores no G4 da final.

Goleado, time tem quatro expulsos, e jogo sub-20 acaba antes por falta de jogadores

Cliper ainda teve um jogador lesionado. Nacional vencia por 4 a 0, quando o árbitro Edmar Campos da Encarnação encerrou a partida aos 37 minutos do segundo tempo



Por Gabriel Mansur, GloboEsporte.com, Manaus, AM

 

Clipper teve quatro jogadores expulsos (Foto: Reprodução/DNA Esportivo)Clipper teve quatro jogadores expulsos (Foto: Reprodução/DNA Esportivo)
Clipper teve quatro jogadores expulsos (Foto: Reprodução/DNA Esportivo)
O Nacional venceu o Clipper por 4 a 0, neste sábado, no estádio do Coroado, em Manaus, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Amazonense de Juniores. A vitória levou o Leão da Vila Municipal às semifinais da competição, mas o placar, apesar de elástico, foi inferior ao número de cartões vermelhos: cinco, sendo quatro somente para o time derrotado. O Clipper, que estava com sete jogadores em campo, ainda perdeu outro por lesão aos 37 minutos do segundo tempo. Resultado: o árbitro Edmar Campos da Encarnação foi obrigado a encerrar o jogo.
O primeiro atleta a ir mais cedo para o chuveiro foi o meia Paulo César, ainda aos 36 minutos da etapa inicial. Ele teria reclamado acintosamente com a assistente Anne Kesy Gomes de Sá. No mesmo minuto, de acordo com a súmula, o Nacional abriu o placar, com gol de Heltinho.
Aos dois minutos do segundo tempo, houve uma expulsão dupla. O zagueiro Yan teria dado um tapa na cara de Heltinho, que revidou a agressão. As atitudes ocorreram fora do lance de jogo. O Leão ampliou logo depois, aos 13, com o zagueiro Fábio.
Aos 22, Gabriel marcou o terceiro.Dois minutos depois, foi Edmar quem expulsou o terceiro jogador do Cliper. Ainda segundo a súmula, o camisa 17 John Ferreira teria xingado a equipe de arbitragem.
A última expulsão, no entanto, foi a mais agravante. O zagueiro Aleiander cometeu pênalti muito duro no atacante adversário, entrando de sola.Veja o vídeo abaixo. Logo após Gabriel converter a cobrança, o atleta Leonansaiu de campo sentindo dores. Como a treinador Ralph Prestes já havia realizado todas as substituições, o jogo terminou por insuficiência de jogadores.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Seleção em Manaus.

Treino aberto em Manaus é para retribuir carinho no "jogo mais difícil", revela Tite

Após jogo contra Equador, em Porto Alegre, dia 31, seleção brasileira fará treino de portões abertos no dia 2, na Arena da Amazônia, e segue dia 3 para enfrentar a Colômbia, no dia 5, fora de casa


Por Silvio Lima, GloboEsporte.com, Manaus, AM
 
Treino aberto em Manaus é para retribuir carinho no "jogo mais difícil", revela Tite
O próximo jogo da seleção brasileira nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 será em Porto Alegre, na Arena do Grêmio, contra o Equador, no próximo dia 31. Depois, enfrentará a Colômbia, fora de casa, no dia 5. Porém, antes de seguir para o país vizinho, Tite e os jogadores terão dois dias de treino em Manaus. E um deles, no dia 2, na Arena da Amazônia, será aberto ao público. A decisão, de acordo com o treinador, é para retribuir o carinho do torcedor amazonense no duelo contra os colombianos, ano passado, quando o Brasil venceu por 2 a 1 na Arena da Amazônia.