domingo, 19 de junho de 2016

Categoria de base forte.

Amigos.

Esse ano o Nacional Futebol Clube, voltou as atividades com um time de juniores montado em cima da hora e mantido a duras penas por um grande nacionalino. Chegamos muito longe ainda, mesmo com apenas 2 meses de treinamentos. Fomos longe, chegamos as semi finais.

Isso mostra que com trabalho sério, muito treinamento e dedicação, temos condições de montar bons times e revelar nossos craques.

Nesse campeonato, apesar de curto, revelamos alguns bons jogadores, que com certeza faremos de tudo para mantê-los no Clube. 

O bom seria se o Nacional se interessasse novamente pela categoria de base, com estrutura que tem, poderia montar uma categoria sólida, com bons profissionais em suas fileiras, treinadores habilitados com o certificado em mãos.

formaria os 3 times, infantil, juvenil e juniores, dando estrutura médica e dentária, manteria essas três equipes treinando diariamente para quando chegarem as competições, estar com os times afiados para as disputas. 

A fonte seria a própria escolinha, que paralelo às equipes, serviria para abastecer as três categorias, claro também garimpando jogadores nas outras equipes e no interior, com três anos, com certeza teríamos bons frutos.

Os objetivos, revelar craques para o profissional e vende-los para o Brasil e quem sabe para o exterior, porque não? Assim fazem os grandes clubes do nosso pais, com isso, teríamos uma equipe do time profissional com os chamados pratas da casa, que bem treinados, colheríamos os frutos. Poderíamos resgatar aquilo que já tivemos no passado, jogadores formados em casa

Mas, são apenas ideias, quem sabe aparece ai alguém para nos ajudar?  
Até mais...

3 comentários:

  1. O caminho é esse: Pegar parte do dinheiro do investidor e dar condições à base do clube, com responsabilidade e profissionalismo. No profissional, manter o Vagner Benazzi e o time para o próximo ano. O Mário Cortez sabe que esse é o caminho para o sucesso. Basta pôr em prática.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ia achar coisa mais improvavel isso acontecer. Nao sei oq falta. A gente vê ano após ano dinheiro sendo jogado fora, mas quando é para manter uma base(profissional) para outro ano ou dar uma sequencia para garotada nao tem. E todo ano muda tudo. E todo ano acontece mesma coisa,nada!

      Excluir